Olá,
gostaria de ser atendido
no Consórcio Tradição!

Home / Blog / O que uma administradora de consórcio faz

O que uma administradora de consórcio faz

Você sabe o que faz e como funciona uma administradora de consórcio?

O Sistema de Consórcios é uma modalidade de acesso ao crédito para compra de bens, como carros e imóveis, regulamentada e fiscalizada diretamente pelo Banco Central do Brasil. Somente empresas autorizadas por esse órgão podem administrar grupos de consórcio. E são muitas as obrigações de uma administradora de consórcio para garantir a realização dos sonhos de cada um de seus clientes.

Conforme determina a Lei nº 11.795, a Lei dos Consórcios, a administradora de consórcio deve constar no contrato de adesão como gestora dos negócios do grupo e responsável por seus interesses e direitos. Ou seja, é ela quem administra a poupança formada pelo grupo, assegura o cumprimento das normas e cuida para que todos os participantes cumpram suas obrigações financeiras.

A administração do grupo de consórcio

O trabalho da administradora começa antes mesmo da formação do grupo, com a definição de características e análise da viabilidade econômica e financeira, considerando prazo, número de cotistas, valores dos créditos, critérios para atualização do crédito, número e frequência de contemplações por sorteio e lance, dentre outros fatores que intervêm na evolução do grupo. A administradora de consórcio também determina as normas de funcionamento – regras para sorteio e oferta de lances, condições para utilização do crédito etc. – que são estabelecidas no contrato elaborado por ela e disponibilizado a todos os consorciados.

Durante o andamento do grupo, a administradora de consórcio cuida da aplicação financeira dos valores recebidos, realiza vendas das cotas, realiza assembleias gerais – ordinárias (AGO) e, se necessário, extraordinárias (AGE) -, mantém comunicação com os participantes, trata dos inadimplentes, enfim, cuida de tudo o que é necessário para o funcionamento do grupo.

E não para por aí: ela continuará gerindo recursos não procurados e valores pagos em atraso, e administrando possíveis ações judiciais contra inadimplentes mesmo após o encerramento do grupo.

Banco Central 

Além das obrigações para com os integrantes dos grupos, a administradora de consórcio está subordinada à fiscalização e regulamentação pelo Banco Central. Ela deve cumprir todas as exigências da legislação e normativos, como realização de auditorias independentes, envio de balancetes e balanços do grupo e da administradora, e publicação semestral das demonstrações financeiras.

Remuneração 

Para a prestação de todos esses serviços, a administradora de consórcio tem direito à cobrança de uma taxa de administração, como remuneração pela formação, organização e administração do grupo de consórcio.

O Consórcio Tradição atua no mercado há mais de uma década realizando os sonhos de seus consorciados, e é uma das maiores empresas do Brasil no segmento de administração de consórcios. Saiba mais no site: www.consorciotradicao.com.br

2 thoughts on “O que uma administradora de consórcio faz

  1. Pingback: Vale a pena iniciar um investimento agora?

  2. Pingback: CONTE SUA HISTÓRIA: Gerliano de Jesus

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

16 + vinte =