Olá,
gostaria de ser atendido
no Consórcio Tradição!

Home / Blog / 4 pontos importantes para quem pretende investir em bens materiais

4 pontos importantes para quem pretende investir em bens materiais

Investir em bens materiais é sempre uma excelente opção, seja pela realização do sonho da casa própria, por utilizar um imóvel como fonte de renda por meio de locação, pela comodidade gerada em não ter que pagar mensalmente por um local para morar que não é seu ou mesmo de ter um automóvel. O investimento em bens materiais propicia benefícios diversos que variam conforme o perfil e a necessidade de cada pessoa.

Contudo, para que seus planos saiam como esperado, é preciso se atentar a pontos importantes – independentemente do tipo de investimento que você realize. Pensando nisso, selecionamos 4 dicas para que seja possível investir em bens materiais evitando dores de cabeça.

1.Planeje suas finanças pessoais preparando-se para todos os investimentos e custos que envolverão a sua decisão

Não adianta querer investir em um bem material se você não tem verba para isso. Antes mesmo de pensar em que ou como será o seu investimento, você precisa se certificar de que terá o valor necessário para honrar com os compromissos financeiros recorrentes, bem como os custos que envolvem o investimento de forma geral. Por exemplo, ao comprar um veículo, você terá que arcar não apenas com as parcelas mensais, mas também com o seguro, manutenções, impostos, dentre outros. Tudo isso precisa estar em seu planejamento financeiro.

Coloque todas as suas despesas e receitas no papel – ou em uma planilha financeira – para entender bem a sua realidade: quanto você tem e quanto sobrará para investir em um bem material. Analise como você pode reduzir seus gastos garantindo que os novos compromissos financeiros que assumirá serão honrados, englobando-os em suas despesas fixas. É importante também que mesmo com este novo valor recorrente a ser pago para a conquista do bem você ainda consiga manter uma reserva financeira para eventuais problemas. Por isso, planejamento é fundamental!

6 dicas básicas de finanças pessoais

2.Defina prioridades para saber qual tipo de investimento escolher

O que você fará com o bem material que pretende investir? É preciso ter claro o seu objetivo para avaliar as possibilidades de investimento disponíveis e o mais adequado para a sua realidade. Para isso, é indispensável que você avalie a sua situação atual e consiga, desta forma, definir as prioridades em sua rotina.  Ou seja, o que você almeja é realmente prioritário ou será necessário resolver pendências ou tomar outras decisões antes de investir em um bem material? Esta análise o guiará mais certeiramente em suas decisões.

3. Analise as taxas de juros do tipo de investimento que fará para validar a viabilidade de sua decisão

Muitas vezes ao considerarmos uma opção de investimento para adquirir algum bem material esquecemos de um fator muito relevante – que pode fazer toda a diferença no montante final pago por aquele bem e até mesmo fazer com que você não consiga arcar com os compromissos financeiros que assumirá: as taxas de juros. Por isso, antes de tomar qualquer decisão de compra de um imóvel ou automóvel, por exemplo, pesquise, analise e compare as opções do mercado. Desta forma você evita surpresas e dores de cabeça ao longo de seu investimento.

4.Os consórcios podem ser uma excelente alternativa 

Existem algumas possibilidades de investimentos para quem deseja investir em bens materiais. Contudo, algumas delas exigem um capital mais elevado como “entrada” no produto de compra – isso é bastante comum aos financiamentos, por exemplo.

Se você não possui um volume de dinheiro significativo para isso ou busca meios em que não há a necessidade de arcar com taxas de juros compostos, os consórcios podem ser uma excelente opção. Afinal, além de não terem taxa de juros – apenas é cobrada uma taxa (juros simples) da administração, que você também pagaria a uma instituição financeira-, você sabe exatamente quanto pagará por mês sem surpresas, tem a possibilidade de retirar a sua carta de crédito antes de pagar o valor total, além de ser um investimento livre de riscos.

Seguindo estas dicas você, certamente, conseguirá tomar as melhores decisões para investir em bens materiais. Possui alguma dúvida sobre como aplica-las na prática? Aproveite os comentários abaixo e compartilhe-a conosco. Ela pode ser tema para um próximo encontro aqui no blog!

2 thoughts on “4 pontos importantes para quem pretende investir em bens materiais

  1. Pingback: Conte sua história: George Lima

  2. Pingback: 5 dicas que valem $$$

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dez − 5 =